Coworking: por que não param de crescer no Brasil?

Atualizado: 6 de Nov de 2018

Divulgado recentemente, o Censo Coworking 2018 não deixa dúvidas de que o segmento é um sucesso absoluto no Brasil.


O número de espaços compartilhados cresceu 401% em três anos.

O coworking deu as caras em terras tupiniquins em meados de 2007 na cidade de São Paulo com o lançamento da Impact Hub, primeiro coworking brasileiro. Desde então, os espaços se multiplicaram ao decorrer dos anos e a ideia de trabalho compartilhado se popularizou rapidamente nas principais capitais do país como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador, chegando ao interior com considerável velocidade.


Divulgado recentemente, o Censo Coworking 2018 não deixa dúvidas sobre o número considerável do avanço destes espaços no Brasil nos últimos anos. Em 2015 haviam ao todo 238 coworkings espalhados pelo país. Já em 2018, este número saltou para 1.194 unidades, representando um crescimento de 401% em três anos.


Mas por que o coworking no Brasil não para de crescer? Quais fatores contribuíram para a fama desse segmento que foi importado dos Estados Unidos? A resposta a essas perguntas está mais relacionada à situação econômica atual do país do que qualquer outro fator. Com a crise financeira que perdura desde o início da década, muitos empresários saíram à procura de opções economicamente mais vantajosas para manterem seus negócios e viram no coworking uma opção bastante interessante, pois os custos de manter-se em um escritório convencional são muito maiores.


No coworking, diferentemente de um escritório próprio, onde você tem que se preocupar todos os meses com valor de aluguel, água, luz, telefone, salário de funcionário (recepcionista, secretária, limpeza etc), encargos sociais, benefícios dos funcionários, internet, papelaria e muitas outras coisas, no escritório compartilhado se resume a uma simples mensalidade, cujo valor dificilmente passa de 20% do que seria gasto em um local próprio mensalmente.


Além das vantagens financeiras, o coworking popularizou um termo muito importante no meio corporativo que é o networking. Palavra repetida à exaustão e que funciona muito bem no espaço de trabalho compartilhado, pois profissionais de diferentes áreas reúnem-se para troca de ideias, parcerias, amizades, indicações etc. Isso facilita e muito a vida do empresário que pretende expandir seu negócio rapidamente.


O coworking é o futuro do trabalho, uma vez que estruturas corporativas dentro de uma cidade como São Paulo e Rio de Janeiro são muito disputadas e caras. Ele vem para solucionar um problema das grandes metrópoles que é a falta de espaço para comportar tanta gente.

© 2018 Easy Work

23f6553203a44ed79a94f94b39649ecb.png